sexta-feira, 20 de abril de 2007

Com a Palavra...


CARLOS BARBOSA

1) Por que você escreve?

Escrevo para ludibriar a morte. Tento distraí-la com minhas patacoadas.


2) O que você gostaria de escrever e por quê?

Gostaria de escrever a biografia romanceada de Zequinha Barreto, guerrilheiro morto no sertão da Bahia ao lado do ex-capitão Carlos Lamarca. Considero Zequinha Barreto personagem-símbolo do jovem brasileiro que viveu sob os tacões da ditadura militar. Zequinha foi seminarista, militar, estudante secundarista, metalúrgico, violonista, compositor, dirigente estudantil e sindicalista, militante partidário, agitador grevista, prisioneiro, tornou-se clandestino, guerrilheiro, um sujeito arretado, um nordestino-sertanejo falante de pelo menos duas línguas estrangeiras, um baiano da gema apreciador de música e uma boa farra. Tenho esse projeto literário alinhavado, mas as dificuldades de execução não são poucas. Depende de viagens a vários estados da federação, dezenas de entrevistas, pesquisa em arquivos diversos etc etc, que representam um custo financeiro que não posso bancar. A história de Zequinha é riquíssima em aventuras e grandiosidade humana. Espero um dia reunir condições para escrevê-la. Por enquanto, satisfaço-me em colocar como pano de fundo de meu novo romance, "Beira de rio, correnteza", os dias em que os agentes da ditadura perseguiram Zequinha e Lamarca nas beiradas do rio São Francisco.

Carlos Barbosa (1958) é escritor, jornalista e advogado. Natural de Ibotirama – BA. Tem publicado Água de Cacimba (poemas, 1998) e A Dama do Velho Chico (romance, 2002). Mais textos do autor nos endereços miniconto.zip.net e contosempre.zip.net.


2 comentários:

Carlos Barbosa disse...

Meus caros, não me lembrava mais assim, de cara limpa, um espanto. Espero que os frequentadores do "EntreAspas" não se afastem do blog por motivo justificado de susto e aversão ao "espanta-mosca". Abr. e vamos rompendo. Carlos Barbosa

ediney disse...

gostei da entrevista e de conhecer este escritor.
Muito boas idéias...valeu