segunda-feira, 9 de julho de 2007

"Perfil" (14)



DAS ELEGIAS: LÍQUIDA


A curva não é só carícia,
e sua graça muitas vezes
é aguda.
Se excessiva corrompe:
constante doçura na língua.

A forma é a intensa feminina,
começa no que delineado é coisa
e além do corpo é forma que não
se finda, pois
se colo que acolhe
também pode sufocar
se não calma e
ainda.

Alguns modos de perceber a feminina:
cúpula,
árvore,
vale,
anca,
água,
vento
na campina.


João Filho é poeta e prosador. Publicou em 2004 o livro Encarniçado, pela editora Baleia. Participou de algumas antologias de contos. Escreve o blog:
www.hiperghetto.blogspot.com.


Um comentário:

Palavras e co-lirius disse...

Esta equipe de colaboradores está "arretada". Bos poemas vem publicando aqui. Sugiro que publiquem alguns contos e fale dos contistas estão sentindo falta. Não é uma revista?
Abração, Parabéns João!
Nilson